Auckland, na Nova Zelândia, foi considerada a cidade com melhores condições de vida, segundo um lista compilada pela Economist Intelligence Unit (EIU), parte do seu Global Liveability Ranking para 2021.

De acordo com a EIU, Auckland subiu para o topo do ranking "devido à sua abordagem bem-sucedida na contenção da pandemia COVID-19, que permitiu que a sociedade permanecesse aberta e a cidade tivesse uma pontuação forte em uma série de métricas, incluindo educação, cultura e meio Ambiente".

A pior cidade do mundo para se viver é a capital síria, Damasco, pelo nono ano consecutivo. Segue-se Lagos, na Nigéria, Port Moresby, capital da Papua-Nova Guiné e Dhaka, capital do Bangladesh.

Os investigadores avaliaram 140 cidades em todo o mundo e pontuaram em estabilidade, saúde, cultura, meio ambiente, educação e infraestruturas.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.