O Twitter anunciou que planeja recompensar os investidores que encontram sinais de potenciais discriminações no algoritmo da rede social.

A iniciativa prende-se com a descoberta em 2020 de que, em fotografias, o algoritmo se tende a focar em pessoas de pele mais clara. “Queremos levar este trabalho um passo em frente ao convidar e incentivar a comunidade a ajudar a identificar potenciais problemas com este algoritmo”, pode ler-se no comunicado.

Este programa de recompensas do Twitter parece que funcionará de uma forma muito semelhante à forma como a empresa paga a investigadores por descobrirem falhas de segurança na rede social.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.