Concebido numa colaboração entre a NASA, a Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Espacial Canadiana, James Webb é o maior telescópio alguma vez colocado no espaço. Tem como missão descobrir os segredos do Universo, desde os seus primórdios, observando quase todas as fases da sua história, sobretudo regiões frias, que se escondem sob o fulgor da luz visível, e fontes distantes, perto do início do Universo.

Que locais e fenómenos iremos conhecer melhor observando no infravermelho com a qualidade do telescópio James Webb? Porque foi necessário colocar esta infraestrutura no espaço? O que descobriremos sobre os confins do Sistema Solar? Estas são algumas das questões que serão debatidas numa sessão online organizada pelo IAstro - Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, que acontece no próximo sábado à noite.

Além do quanto poderá revolucionar o que sabemos sobre o Universo, vai igualmente falar-se da ciência que este novo telescópio permitirá fazer, associada a projetos de investigação no IAstro.

Contando com os investigadores Alexandre Cabral, Nanda Kumar, e Nuno Peixinho, respetivamente, de Ciências ULisboa, Universidade do Porto, e Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, a sessão online terá uma segunda parte para Perguntas & Respostas, para a qual poderá enviar perguntas antecipadamente.

A sessão tem início marcado para as 21h30, do dia 29 de janeiro e será transmitida no canal do IAstro no YouTube. Pode aceder a toda a informação através do microsite Telescópio Espacial James Webb: Uma revolução?

James Webb - IAstro
Sessão online James Webb créditos: IAstro

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.