Apesar de haver uma maior preocupação das fabricantes em respeitar as indicações seguras dos especialistas, alguns modelos ainda são lançados no mercado com uma Taxa de Absorção Específica (SAR) acima do estipulado. Ou seja, segundo a certificação alemã Blue Angel, a taxa de radiação eletromagnética dos smartphones deve ser menos de 0,60 watts por quilograma para ser seguro. Por outro lado, para evitar efeitos de saúde adversos, essa radiação não deve ultrapassar os 2 Watts por quilograma.

A maioria das pessoas tem o smartphone presente nas suas vidas praticamente 24 horas, sendo uma companhia no trabalho, nos transportes públicos e mesmo de noite, até porque provavelmente utilizam-no como despertador, mantendo-o na mesinha de cabeceira. Essa proximidade constante pode ter riscos a longo prazo para os utilizadores, ainda que as investigações sobre as radiações emitidas pelos equipamentos ainda sejam inconclusivas.

Veja na galeria os smartphones com o SAR mais elevado: 

A Statista listou os smartphones que mais emitem radiação, segundo os dados da Blue Angel, assumindo-se no topo o Motorola Edge com 1,79 watts/g, chegando quase ao limite do valor considerado perigoso. Segue-se o Axon 11 5G com 1,59 e o OnePlus 6T com 1,55 a fechar o pódio. Há alguns anos, os smartphones da Apple constavam na lista, como o iPhone 7 e iPhone 8, mas a fabricante melhorou as emissões, não constando no top 8 dos que mais emitem.

Em quarto lugar surge o Sony Xperia XA2 Plus com 1,41, seguindo-se os smartphones da Google Pixel 3 XL/3a XL com 1,39 e o Pixel 4a com 1,37 watts/g. Por fim, o Oppo Reno 5G com 1,37 e o Sony Xperia XZ1 Compact com 1,36.

smartphones radiação statista
Fonte: Statista

Ainda assim, na lista dos que mais emitem, a maioria são smartphones mais antigos, embora estejam presentes dois modelos da nova geração 5G.

Para reduzir os efeitos dos campos magnéticos de baixa frequência emitidos pelo aparelhos elétricos e eletrónicos, a Blue Angel aconselha os utilizadores a reduzirem o tempo de exposição, desligando as fontes emissoras quando não são necessárias.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.