Novas previsões dão a conhecer que as lojas de aplicações da Google e Apple poderão bater novos recordes em matéria de receitas no terceiro trimestre do ano. Ao todo, se estima que consumidores um pouco por todo o mundo vão gastar 34 mil milhões de dólares em aplicações e jogos, em uma subida de 20% face ao ano anterior.

O novo relatório da App Annie detalha que os maiores contribuidores para o aumento das receitas continuam a ser os gastos feitos em videogames, assim como serviços de subscrição mobile.

Os dados indicam que o número de downloads registará um crescimento de 10% face ao ano anterior, atingindo a marca dos 36 mil milhões. Aqui, a Play Store representa um peso significativo, com grande parte dos downloads a originarem em mercados emergentes na Ásia e América Latina.

Clique nas imagens para mais detalhes

Já no que toca aos gastos feitos por utilizadores em aplicações destaca-se a App Store, representando 65% do total. A consultora explica que os gastos feitos em aplicações para o sistema operativo iOS vão registar um crescimento de 15%, alcançando 22 mil milhões de dólares. Os gastos feitos em apps para Android terão o mesmo nível de crescimento, atingindo, no entanto, 12 mil milhões de dólares.

A vasta maioria das receitas amealhadas pelas lojas digitais advêm de videojogos, que representam 66% do total. Olhando para fora do mundo do gaming, as aplicações para iOS voltam a destacar-se, com os Estados Unidos e a China a representarem os maiores mercados. No caso da Play Store, os Estados Unidos, Japão e Coreia do Sul são os países que mais gastam em aplicações.

A par da análise da App Annie, a consultora Sensor Tower revela que, durante o segundo trimestre do ano, o Top 500 de aplicações mais populares passou a contar com uma média de 91,7 milhões de utilizadores mensais ativos, numa subida de 8,4% em relação ao mesmo período no ano passado.

Os dados indicam que, ao longo do período em análise, os consumidores passaram a vasta maioria do seu tempo em aplicações de entretenimento, com o Top 100 de apps desta categoria a registar, em média, 29 minutos de utilização diária.

No mundo dos jogos, títulos ao estilo de PUBG Mobile ou Garena Free Fire viram o maior número de utilizadores diários ativos no segundo trimestre do ano. Ao todo, o Top 50 de videojogos deste género registou 7,6 milhões de jogadores diários ativos.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.