Depois de ter sido multada no Brasil, a Apple volta a enfrentar problemas, desta vez na China, por vender o iPhone 12 sem carregador. Um grupo de estudantes universitárias chinesas processou a gigante de Cupertino, argumentando que o cabo USB-C/ Lightning incluído na caixa do iPhone Pro Max não é compatível com carregadores disponíveis no mercado:

O grupo de estudantes de Direito defende que a Apple, ao não incluir carregadores com os seus mais recentes smartphones, faz com que os utilizadores não consigam dar mais energia aos seus equipamentos, mesmo que comprem carregadores para o efeito, tal como sucedeu a uma das estudantes.

A empresa da maçã deixou de incluir carregadores, assim como auriculares, nas caixas dos seus smartphones no final do ano passado, uma medida que começou a ser implementada  com o iPhone 12.

A decisão da Apple terá sido tomada por questões ambientais, tendo como objetivo reduzir o recurso a matérias-primas, além das próprias embalagens. Porém, as estudantes argumentam que o verdadeiro propósito da estratégia implementada pela tecnológica foi servir como uma “desculpa” para vender carregadores MagSafe.

Em resposta aos argumentos de um representante da Apple em uma audição num tribunal em Pequim, que indicou que várias empresas vendem smartphones e carregadores separadamente, as estudantes afirmam que existem marcas na China que dão aos consumidores a oportunidade de escolherem se querem, ou não, incluir o carregador na caixa quando compram um equipamento.

Para já, o tribunal decidiu que necessita de mais provas, tanto por parte das queixosas como por parte da Apple, para poder chegar a uma conclusão, avança a Vice. Caso o tribunal lhes dê razão, o grupo de universitárias exige que a Apple compense a estudante com um carregador para o iPhone 12 Pro Max comprado, além de pagar uma indemnização de 100 yuan, o equivalente a 16 dólares, e de cobrir os custos legais do processo.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.