O abacate é um bom protetor cardiovascular, reafirma um estudo divulgado no Journal of the American Heart Association, que revela que o consumo de duas porções de 80 gramas de abacate por semana são o suficiente para reduzir em 21% o risco de infarto.

"Embora nenhum alimento seja a solução para uma dieta saudável, este estudo é uma evidência de que os abacates têm benefícios para a saúde”, afirma Cheryl Anderson, presidente do Conselho de Epidemiologia e Prevenção da American Heart Association, num comunicado de imprensa.

O estudo analisou dados de saúde de 68 mil mulheres e 4 mil homens obtidos em 30 anos durante dois estudos governamentais. No início da investigação, todos os participantes estavam livres de câncer, doença cardíaca coronária e acidente vascular cerebral. Os investigadores revelam que quem substituiu manteiga, margarina, queijo e carnes processadas por abacate obteve os melhores resultados.

O abacate é maioritariamente composto por gorduras monoinsaturadas, ou seja, as gorduras saudáveis para o organismo, com benefícios ao nível da redução dos níveis de colesterol e triglicéridos. É rico em vitaminas A, C, B6 e E, que intervêm ao nível da função imunológica, protegendo o organismo contra agentes externos, atuam ao nível do desenvolvimento ósseo, participam na síntese de colagêno ao nível da pele e tecidos e contêm propriedades antioxidantes. Quanto aos minerais, destaca-se o potássio e o magnésio que são essenciais ao nível do metabolismo e do controle da pressão arterial.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.