Comeu uma banana há pouco tempo, mas já está com vontade de comer outra? Todos sabemos que a banana é essencial para uma saúde de ferro. De acordo com um artigo publicado no Annals of the New York Academy of Sciences, além de potássio, a banana fornece uma grande quantidade de vitamina B6, que tem um papel importante na prevenção de insônias. Mas atenção: não deve abusar.

Investigadores da Universidade de Makerere, em Uganda, citados pelo portal Eat This, Not That, explicam que a banana contém uma quantidade substancial de ácido tânico (uma designação atribuída a várias substâncias orgânicas amareladas que são ligeiramente solúveis em água). E, embora seja inofensivo em pequenas doses, pode causar obstipação (dificuldade em regular a progressão das fezes ou a incapacidade total em evacuar) e, a longo prazo, tem um impacto negativo no microbioma (as bactérias do intestino) ou na saúde intestinal.

A flatulência e inchaço são outras duas consequências do consumo excessivo de bananas. Isto porque, esta fruta contêm sorbitol, um substituto do açúcar, que pode desencadear efeitos laxantes no corpo.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.