Evan Rachel Wood acusou Marilyn Manson de ter ameaçado abusar sexualmente do filho de oito anos, Jack, segundo informações de documentos do tribunal obtidos pelo Daily Mail.

A publicação conta que tal acusação foi feita em abril a propósito da batalha da custódia pelo menino, fruto do casamento anterior da atriz com Jamie Bell.

Nos documentos lê-se que as supostas ameaças de Manson forçaram Wood, de 34 anos, a aumentar a segurança da sua casa - instalando janelas à prova de bala, uma porta de ferro e ainda uma vedação.

"Estou muito preocupada com a segurança do nosso filho quando está em Los Angeles", disse a estrela. "Tenho muito medo do ofensor", sublinhou, referindo-se a Manson, com quem namorou de 2006 a 2010.

"Sofri lesões severas e traumáticas e nível físico e emocional nas mãos dele, e tenho medo de que queira se vingar de eu ter testemunhado ao magoar a mim, ao nosso filho ou aos membros da nossa família", completou.

O músico está neste momento a ser alvo de investigação após várias acusações de abuso sexual e tráfico humano feitas por mais de 12 mulheres, incluindo Evan Rachel Wood.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.