Após uma semana de pausa, foi retomada audiência do mediático processo mútuo de difamação e violência doméstica que coloca frente a frente o ex-casal Johnny Depp e Amber Heard (ele pede 50 milhões de dólares, ela o dobro).

Mas frente a frente é mesmo uma força de expressão: quem esteja a acompanhar o julgamento das duas celebridades no tribunal de Fairfax, na Virgínia (e não são poucos), transmitido diariamente em direto pela TV, poderá já ter reparado que não existem imagens ou fotografias que mostrem Johnny Depp a olhar para a ex-mulher: está sempre a olhar para o ecrã à sua frente ou noutra direção da sala.

Johnny Depp e Amber Heard a 16 de maio USA, 16 May 2022. Johnny Depp's 50 million US dollar defamation lawsuit against Amber Heard that started on 10 April is expected to last five or six weeks. EPA/Steve Helber / POOL

Esta segunda-feira, ficou esclarecido o mistério: o ator tem evitado qualquer contacto visual desde 2016, quando disse a Amber Heard que ela nunca mais voltaria a ver os seus olhos.

"O senhor Depp não olhou para si uma única vez em todo o julgamento, olhou?", perguntou a advogada de Depp à atriz, que voltou a sentar-se para ser interrogada.

"Não que eu tenha notado, não", foi a resposta.

A atriz respondeu afirmativamente quando Camille Vasquez quis confirmar que ela tinha olhado muitas vezes para o ex-marido durante o julgamento, mas alegou ignorância em relação à pergunta seguinte da advogada: "Ele prometeu que nunca voltaria a ver os seus olhos, não é verdade?".

Na resposta, a advogada pediu para ser ouvida mais uma gravação (o processo tem sido pródigo nesse material), feita num hotel em São Francisco em 2016, após Amber Heard ter avançado com o pedido de divórcio e obtido uma ordem de restrição contra o ex-marido.

"Por favor, só te quero abraçar e dizer adeus", ouve-se Amber Heard dizer após a recusa de Johnny Depp.

"Não sou nada para ti e serei sempre nada para ti. Nunca mais voltarás a ver os meus olhos", foi a resposta.

O processo deve decorrer até 27 de maio. Em seguida, sete jurados irão retirar-se para deliberar.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.