Claire Foy passou por um “risco significativo” por causa de um suposto perseguidor (‘stalker’), noticia a BBC.

A atriz, que deu vida à rainha Elizabeth II na série ‘The Crown’, da Netflix, acusou um homem de 39 anos, de nome Jason Penrose, de lhe ter enviado mais de mil emails num mês.

O acusado terá ainda se feito passar por realizador e produtor, tendo questionado a artista sobre a possibilidade de integrar o seu próximo filme.

Jason teria também contactado a irmã, o agente e publicitária Emma Jackson, para além de tocar constantemente à porta da casa da estrela.

O tribunal decidiu prolongar uma ordem de restrição contra o arguido (que tinha começado pelo menos no ano passado) até ao dia 28 de julho. No dia 22 de julho está marcada uma nova audiência.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.