Nesta quarta-feira (26), morreu a cantora gospel e pastora Ludmila Ferber. A líder religiosa fazia tratamento contra um câncer de pulmão desde 2018.

A gravadora Sony Music Gospel, de onde ela era contratada, confirmou a informação da morte. “Infelizmente a nossa guerreira pastora Ludmila Ferber nos deixou, mas aqui ficam o seu legado, suas canções, seu exemplo, sua tenacidade, seu propósito, sua luta, sua fé, sua arte, sua poesia e sua história! Nossos sentimentos aos familiares. Que Deus console a todos que de alguma forma conviveram com nossa querida pastora! Agora já pode parar de lutar. Descanse em paz!", afirmou a empresa.

“’Em tempos de guerra, nunca pare de lutar’. Hoje estou entrando num momento único e surpreendente da minha vida: o tratamento de quimioterapia. Mas ainda que o ritmo de viagens para ministrações diminua durante um tempo, meu ministério não parou. Minha vida não parou. E nem vai parar”, disse a gravadora em outro trecho da mensagem.

A cantora vivia no Rio de Janeiro com as filhas.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.