O ex-participante do Big Brother Brasil 21, Arthur Picoli, 26, criticou a realização da Copa América no Brasil em suas redes sociais, nesta terça-feira (1º). "Eu amo esporte, mas primeiramente eu amo a vida dos meus."

Picoli é instrutor de crossfit, mas já foi jogador de futebol profissional e chegou a atuar como capitão do time Atlético Goianiense no sub-17. Em seu perfil no Twitter, ele cita o "número absurdo" de mortes no país.

O Brasil registrou mais 2.408 mortes em decorrência da covid-19 nas últimas 24 horas 78.926 novos casos da doença nesta terça-feira (1). Assim, o país chega a 465.199 óbitos e a 16.624.480 pessoas infectadas pelo coronavírus desde o início da pandemia, no ano passado.

Realizar a Copa América no Brasil foi uma decisão em conjunto da Conmebol, CBF e governo brasileiro, após Argentina e Colômbia terem desistido de sediar a competição. O torneio começaria no próximo dia 13 e terminaria em julho. ​

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.