Amber Heard confirmou que passou a noite que antecedeu o seu pedido de divórcio de Johnny Depp com James Franco na sua casa.

Na audiência que continua a decorrer em tribunal, por causa de um processo iniciado por Depp através do qual o ator acusa a ex-mulher de difamação, Amber defendeu:

“Ele era meu amigo. E vivia ali ao lado, literalmente na porta ao lado”.

“E eu, sinceramente, já tinha cansado o meu grupo de amigos habituais e estava feliz por ter o máximo de amigos possível na altura”, nota.

Heard refere igualmente que Johnny sempre teve ciúmes da sua amizade com James Franco. “Ele odiava o James Franco e já me tinha acusado de ter tido um caso em segredo com ele no meu passado”, justifica.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.