Alec Baldwin entregou o seu telemóvel esta sexta-feira de manhã, 14 de janeiro, às autoridades, na sequência de um mandato de busca emitido no mês passado no âmbito da investigação policial que continua a decorrer sobre o acidente que aconteceu nas gravações do filme 'Rust'.

O advogado do ator de Hollywood, Aaron Dyer, fez um comunicado sobre o sucedido, agora divulgado pela revista People: "O Alec disponibilizou voluntariamente o seu telemóvel às autoridades esta manhã para que possam finalizar a investigação. O telemóvel não tem nada a ver com isto, não vão ser encontradas lá respostas", sublinha.

"O Alec não fez nada de mal. Ficou claro que lhe disseram que era uma arma falsa, e que estava a seguir instruções quando o trágico acidente ocorreu", termina.

Resta agora esperar pelas conclusões que serão retiradas.

Recorde-se que Halyna Hutchins morreu depois de Alec ter disparado a arma - alegadamente de adereço - numa das cenas. A cineasta tinha 42 anos.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.