O Dow Jones fechou em alta de 1,95%, a 31.535,51 pontos. O índice tecnológico Nasdaq subiu 3,01%, a 13.588,83 unidades, e o S&P 500 subiu 2,38% a 3.901,82 pontos, seu maior avanço em uma sessão desde 5 de junho.

"Na semana passada todo mundo tinha certo temor por questões técnicas vinculadas à inflação", resumiu Gregori Volokhine, da Meeschaert Financial Services, lembrando que a alta na taxa de juros dos bônus do Tesouro a 10 anos provocou tensões nos mercados.

"Hoje, (isso) está completamente esquecido, pois nos concentramos muito mais nas perspectivas da vacina da Johnson & Johnson e no avanço do processo de vacinação nos Estados Unidos", resumiu este analista.

No fechamento de Wall Street, as taxas de juros dos bônus do Tesouro a dez anos situaram-se a 1,42% após alcançarem 1,60% na semana passada, devido a temores de um reaquecimento da economia que pudesse empurrar a inflação.

O anúncio antes do fim de semana de uma autorização nos Estados Unidos à vacina contra a covid-19 da Johnson & Johnson reforçou o "otimismo sobre uma reativação sólida no segundo semestre de 2021", destacaram analistas da Schwab.

"Também é começo de mês e há muito dinheiro fresco entrando no mercado", destacou Gregori Volokhine, da Meeschaert Financial Services.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.