"O primeiro voo sairá em 19 de julho de Tel Aviv para Marrakech", afirmou uma porta-voz da companhia, esclarecendo que haverá cinco frequências semanais.

"Consideramos que a demanda será elevada e que centenas de milhares de israelenses vão querer desfrutar desses voos diretos para o Marrocos", disse Gil Stav, vice-diretor de vendas da Israir.

O Marrocos foi o quarto país árabe a anunciar, em 2020, a normalização de suas relações diplomáticas com Israel, depois dos Emirados, Bahrein e Sudão, mediado pelo governo do ex-presidente dos EUA, Donald Trump.

O Marrocos abriga a maior comunidade judaica do norte da África, atualmente composta por cerca de 3.000 pessoas. No entanto, cerca de 700.000 judeus de origem marroquina vivem em Israel.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.