"Todos os nossos veículos elétricos serão vendidos apenas pela internet", declarou à AFP o CEO da Volvo Cars, Håkan Samuelsson. "Em 2025, metade de nossos carros serão elétricos e metade de nossas vendas acontecerão on-line", completou.

A Volvo, subsidiária do grupo chinês Geely, acelerará o processo a eletrificação de seus modelos e planeja "retirar de catálogo todos os seus modelos de combustão, incluindo os híbridos", informou a montadora em um comunicado.

Volvo apresentará nesta terça-feira seu segundo modelo 100% elétrico, o SUV C40, e prepara um pequeno modelo elétrico pensado para as estradas europeias.

A empresa também quer revolucionar seus canais de venda.

"As pessoas podem ficar irritadas com a falta de transparência nos preços. O preocesso de compra continua sendo muito complicado, assim vamos simplificar o menu, com preços fixos em cada país", disse Håkan Samuelsson.

A Volvo resistiu a um 2020 dramático para a indústria do automóvel, com uma queda global das vendas de 6%, a 661.713 veículos.

tsz/ico/oaa/pc/zm/fp

VOLVO AB

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.