"Foram registrados três bombardeios na noite desta sexta [horário local], perto de um dos reatores nucleares", anunciou a companhia estatal ucraniana Energoatom.

"Há risco de vazamento de hidrogênio e de disseminação de substâncias radioativas", acrescentou.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.