A imagem, um gif de um taco que dança com maracas nas mãos, gerou controvérsia no Twitter ao insistir nos clichés que vez ou outra são associados aos latinos no país norte-americano.

O Mês da Herança Hispânica nos Estados Unidos é celebrado todos os anos a partir do dia 15 de setembro, coincidindo com o dia da independência de vários países centro-americanos: Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras e Nicarágua.

A celebração, criada para homenagear o legado dos hispânicos nos EUA, teve o seu início em 1968, com duração de uma semana. No entanto, 20 anos depois, a festividade se estendeu para 30 dias.

O condado de Broward, onde vivem cerca de 600 mil latinos, apagou o tuíte após receber dezenas de comentários negativos e em tom de piada.

"Feliz Mês da Herança Hispânica do Condado de Broward", tuitou, por exemplo, Danny Rivero, jornalista da emissora pública local WLRN, com uma cópia da postagem original. "Isso é real, eu não conseguiria inventá-lo", acrescentou.

Segundo o porta-voz do condado de Broward, Greg Meyer, citado pelo jornal local Sun Sentinel, o funcionário responsável por publicar a imagem na rede social foi orientado e recebeu uma palestra sobre "sensibilidade para todas as culturas".

Além disso, a imagem foi substituída por uma nova com os dizeres: "Mês Nacional da Herança Hispânica, de 15 de setembro a 15 de outubro".

"Um taco que dança não representa a comunidade latina e não deveria ser associado à celebração anual", disse Meyer ao Sun Sentinel.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.