"Oficialmente hoje estamos declarando a suspensão da paralisação", informou o dirigente Amador Pantoja, após acordar com a diretoria da Codelco iniciar negociações para, de comum acordo, iniciar o processo de fechamento da fundição de cobre "Ventanas", apontada como a causadora da contaminação em uma área conhecida como o "Chernobyl chileno".

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.