"Não há informações de feridos entre membros do serviço americano. Um trabalhador civil terceirizado americano sofreu um ataque cardíaco enquanto se refugiava e infelizmente faleceu pouco depois", disse o Pentágono em um comunicado sobre o ataque contra a base Ain Al Asad, no oeste do Iraque.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.