Em um comunicado, o presidente de esportes da equipe, Neil Olshey, disse que a saída de Stotts foi decidida "por acordo mútuo".

"Tenho o maior respeito por Terry e pelo que ele conquistou nas últimas nove temporadas", afirmou Olshey.

"Foi uma decisão difícil tanto pessoal quanto profissionalmente, mas o melhor para a franquia é tomar outra direção", acrescentou.

Os Blazers foram eliminados dos playoffs na quinta-feira, após mais uma derrota para Denver Nuggets (4-2).

Esta foi a quarta eliminação da equipe na primeira rodada dos playoffs da NBA nos últimos cinco anos.

Stotts, de 63 anos, deixa Portland com o segundo melhor recorde de vitórias da história da franquia, com 402 resultados a favor e 318 derrotas, embora só tenha chegado à final da conferência uma vez, perdendo para o Golden State Warriors em 2019.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.