"Neymar é uma pessoa, um jogador, um homem sincero que expressa facilmente os seus sentimentos ... numa vida em que joga futebol desde criança e na qual sempre tem estado sob o foco da mídia, não acho que tenha qualquer problema", disse o treinador argentino em entrevista coletiva na véspera do jogo do Campeonato Francês contra o Angers.

"Acho que às vezes as coisas ficam um pouco fora do lugar, mas não tenho dúvidas de que Neymar adora futebol, gosta de futebol e vai querer jogar por muitos mais anos, não tenho dúvidas", acrescentou.

"Neymar mostra a paixão (pelo futebol) todos os dias conosco", insistiu Pochettino.

O camisa 10 surpreendeu a todos no Brasil ao anunciar que a Copa do Mundo de 2022 provavelmente seria a sua última.

O tema da saúde mental "existe no esporte de alto rendimento. Em todo o caso, na comissão técnica temos a obrigação de conhecer algumas ferramentas para poder ajudar os nossos jogadores", afirmou o treinador do PSG.

"Mas não gosto de falar sobre isso dessa forma, banal, porque acho que é muito mais profundo e é preciso ter muito respeito por isso", explicou Pochettino.

"Respeito muito isso, estamos sempre muito preocupados não só no que é físico, mas também mental dos nossos jogadores e estamos sempre atentos para poder ajudar", destacou.

Neymar, que entra em campo nesta quinta-feira com a seleção brasileira diante do Uruguai pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, não vai enfrentar o Angers e retornará para a partida da Liga dos Campeões contra o Leipzig, na próxima terça-feira.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.