O incidente provocou também a convocatória de uma célula interministerial de crise, informou o ministério do Interior.

"O avião pousou no aeroporto de Roissy sem incidentes às 16:01 (11h01 no horário de Brasília) e foi isolado", disse o ministério do Interior. "Os passageiros desembarcaram" e "buscas estão em andamento para esclarecer as dúvidas" sobre o incidente, acrescentou.

Segundo uma fonte do aeroporto, durante o voo um homem conseguiu se conectar com a frequência de rádio dos pilotos e emitiu uma ameaça de bomba.

"O piloto informou à companhia e o avião foi escoltado por um avião caça Rafale até Roissy", acrescentou a fonte.

"Todos os ocupantes do avião foram submetidos a controles de identidade", acrescentou uma fonte próxima ao caso.

O GIGN, uma unidade de elite da polícia francesa, que foi enviada ao aeroporto, já "abandonou" o lugar, acrescentou.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.