Especialistas da empresa dinamarquesa de resgate marítimo SMIT subiram a bordo do "MV X-Press Pearl" e informaram sobre o alto nível de água na sala de máquinas, afirmou à AFP o porta-voz da Marinha do Sri Lanka, Indika de Silva.

O navio, que tem bandeira de Singapura, transportava 25 toneladas de ácido nítrico, plásticos, soda cáustica, lubrificantes e outros produtos químicos e estava a ponto de entrar no porto de Colombo no momento das chamas.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.