Após testar positivo na Vila Olímpica, o ciclista Michal Schlegel foi adicionado à lista. O último caso detectado tinha sido o da jogadora de vôlei de praia Marketa Nausch Slukova.

O caso positivo supõe que tanto ela quanto sua parceira, Barbora Hermannova, estão fora dos Jogos.

"Não sei o que dizer. Estou absolutamente decepcionada", afirmou em um comunicado Nausch Slukova, que terminou em quinto lugar nos Jogos de Londres, ao lado de Kristyna Kolocova.

Seu técnico e marido, Simon Nausch, havia testado positivo no início da semana, assim como outro jogador da equipe masculina de vôlei de praia, Ondrej Perusic.

Também testaram positivo o jogador de tênis de mesa Pavel Sirucek e o médico da delegação tcheca Vlastimil Voracek, o primeiro caso a ser anunciado em sua chegada a Tóquio.

Segundo a imprensa tcheca, o médico não estaria vacinado, algo que parece ter sido confirmado pelo primeiro-ministro do país, Andrej Babis, que chamou o ocorrido de "escândalo".

"Não sei o que pode ter acontecido. Tentamos persuadir as pessoas para que tomassem a vacina e o médico não estava vacinado. É injusto para os atletas", lamentou.

O porta-voz do Comitê Olímpico Tcheco, Tibor Alfoldi, não confirmou ou negou se o médico está vacinado.

"A situação é séria, mas, desde que o problema foi detectado, temos feito todo o possível para deter a propagação", declarou o chefe da delegação, Martin Doktor.

O Comitê Olímpico Tcheco decidiu abrir uma investigação sobre a possível contaminação no voo que levou os atletas de Praga a Tóquio no dia 16 de julho, incluindo os seis infectados.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.