"A Federação Colombiana de Futebol e o diretor técnico (...) concordaram com a não continuidade do treinador no comando da Seleção Colombiana", afirmou a entidade em um comunicado.

Queiroz, de 67 anos, deixou o comando após sofrer duas derrotas consecutivas na terceira e quarta rodada das eliminatórias para o Mundial.

Primeiro, perdeu em casa por 3 a 0 para os uruguaios e depois sofreram uma goleada humilhante de 6 a 1 na visita ao Equador, a pior derrota da Colômbia em quatro décadas.

"A partir desta data, o Comitê Executivo da Federação Colombiana de Futebol iniciará o processo de busca do técnico que ocupará, em um futuro imediato, o cargo de técnico", acrescentou.

O português assumiu o comando da Colômbia em fevereiro de 2019 com o desafio de igualar ou superar o que foi conquistado por seu antecessor, José Pekerman, que levou a seleção do país às Copas do Mundo de 2014 e 2018.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.