O satélite foi lançado às 1H09 GMT (22H09 de Brasília, quarta-feira) da base de Plessetsk, noroeste do país, por um foguete Soyuz 2.1B, de acordo com imagens divulgadas pela agência espacial Roscosmos.

O satélite "foi colocado com sucesso na órbita desejada pelo ministério russo da Defesa", afirmou o ministério, sem revelar mais detalhes.

De acordo com o site especializado Russianspaceweb, o satélite lançado nesta quinta-feira é parte do misterioso escudo espacial antimísseis "Kupol" ("Cúpula"), do qual Moscou revelou poucos detalhes em dezembro de 2019.

Este sistema pretende detectar a partir do espaço o lançamento de mísseis balísticos, sua trajetória e seu alvo, de acordo com as poucas informações divulgadas pelo Estado-Maior russo.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.