O anúncio foi feito após uma longa conversa telefônica entre a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o premier britânico, Boris Johnson. "Nesse telefonema, saudamos o fato de algum progresso ter sido feito em muitas áreas", expressaram os dois líderes em sua nota.

"Persistem, no entanto, diferenças significativas", expressaram, assinalando que nenhum acordo é alcançável" se as mesmas não forem resolvidas. "Por essa razão, demos instruções aos negociadores-chefe para que voltem a se reunir amanhã em Bruxelas. Conversaremos novamente na tarde de segunda-feira", anunciaram.

Após a divulgação do comunicado comum, o negociador-chefe Michel Barnier tuitou: "Veremos se há um caminho. O trabalho continua amanhã."

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.