"O acordo de princípio alcançado hoje é a primeira vez para esses três países europeus com a inclusão de seções dedicadas ao comércio digital e pequenas empresas em um acordo comercial", anunciou o governo britânico em um comunicado.

Será "um grande impulso para o nosso comércio" com esses países, afirmou a ministra do Comércio Internacional, Liz Truss.

"Este acordo demonstra que o Reino Unido continuará a ser um parceiro comercial líder, pois definimos a agenda comercial global em áreas como comércio eletrônico e mudança climática", ressaltou, por sua vez, o secretário de Estado para Comércio Internacional, Ranil Jayawardena.

Totalmente fora do mercado único europeu e da união aduaneira desde 1º de janeiro, no âmbito do Brexit, o Reino Unido vem trabalhando há meses na construção de novos acordos comerciais com países de todo o mundo.

O principal, porém, com os Estados Unidos, ainda não foi alcançado, após a mudança do governo de Donald Trump para o de Joe Biden.

"Mais comércio e mais investimento impulsionarão o crescimento e apoiarão os empregos em todos os cantos do nosso país", enfatizou Jayawardena.

O comércio do Reino Unido com a Noruega chega a £ 20,4 bilhões, £ 1 bilhão para a Islândia e £ 200 milhões para o Liechtenstein.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.