"A Ucrânia e o bem-estar do povo ucraniano não são o objetivo do Ocidente, nem da Otan, mas um meio para defender seus próprios interesses", disse Putin em uma visita ao Turcomenistão.

"Os países que lideram a Otan querem (...) afirmar sua hegemonia, suas ambições imperiais", acrescentou.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.