A prefeitura do Rio de Janeiro informou, nesta quinta-feira, que, até o momento, não há evidência científica que indique a necessidade de restrição à realização de eventos na cidade. O posicionamento surge após recomendação do Ministério Público e da Defensoria Pública para que o município reavaliasse a liberação das festas de fim de ano e carnaval do ano que vem. A decisão de manter os festejos também se dá em meio a um cenário de cancelamento da folia em outras cidades por receio de uma nova onda de propagação da covid-19.

A nota da prefeitura diz, ainda, que os eventos no município foram retomados no dia 17 de setembro e que, ao longo destas 10 semanas, não houve qualquer aumento no número de casos na cidade. Pelo contrário: as internações por covid são cada vez mais raras e todos os indicadores de monitoramento da pandemia seguem em queda sustentada, ainda de acordo com o texto.

Apesar do posicionamento, a Prefeitura informou que seguirá monitorando o panorama epidemiológico e, em caso de mudança, poderá alterar as medidas.

Com informações da Agência Brasil

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.