Na tarde desta quinta-feira (3), a polícia de Nova York cercou o prédio da ONU na cidade norte-americana após receber denúncias que indicavam que um homem estaria armado no local.

Funcionários da organização ligaram para os agentes de segurança após o homem exibir uma arma, indicando um possível ataque.

A polícia local chegou rapidamente ao prédio da ONU e negociou com o homem sua rendição e a entrega da arma.

Segundo informações da polícia de NY, o homem teria 60 e tinha muitos cadernos com informações pessoais, que ele acabou deixando no local. Há a possibilidade de homem ter trabalho na organização no passado, mas não se sabe a motivação da tentativa de ataque. Não há informações de feridos.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.