O Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC, na sigla em inglês) partilhou os mapas da progressão das infeções por COVID-19 desta semana. A situação pandémica em Portugal continua inalterada face às últimas semanas, com o país a ser pintando mais uma vez de vermelho escuro, a cor que corresponde à existência de mais de 300 casos positivos de COVID-19 por 100 mil habitantes.

No entanto, houve uma recaída nos países mais ocidentais da Europa, como a Itália e a França, que tal como Portugal, estão novamente pintados a vermelho escuro. A Espanha mantém-se a laranja em diversas regiões a norte, significando entre 100 a 300 casos positivos de infeção por 100 mil habitantes.

Veja na galeria os mapas da COVID-19:

Esta semana Portugal ultrapassou os 5 milhões de casos de infeção de COVID-19 desde o início da pandemia. Segundo os dados do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), o país registou na última semana uma redução do número médio de casos diários a cinco dias, de 17.204 casos para 14.714. O índice de transmissibilidade (Rt) do vírus, entre os dias 13 e 17 de junho, foi de 0,88 de valor médio a nível nacional, sendo que na sexta-feira o registo foi de 0,93.

O documento indica que todas as regiões apresentam uma incidência superior a 960 casos por 100 mil habitantes em 14 dias. A taxa mais elevada registou-se nos Açores (3.153,6), a Madeira (3.074,6) e Lisboa e Vale do Tejo (2.673,2).

Segundo dados da Our World in Data, Portugal continua a ser o país da União Europeia com mais mortes diárias por milhão de habitantes, uma média de 3,63, seguindo-se a Finlândia (1,47) e a Estónia (1.29). Portugal é também o terceiro país do mundo com mais mortes associadas, atrás de Omã (10) e o Taiwan (6,29).

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.