A equipe portuguesa, porém, também teria se classificado se perdesse para o líder do grupo, já que na outra partida na chave, o francês Olympique de Marselha derrotou o grego Olympiakos por 2 a 1.

O empate com os ingleses garantiu ao Porto a vice-liderança do grupo com 10 pontos, sete a mais que o terceiro colocado, o time da Grécia, faltando uma rodada para o fim da primeira fase da competição continental.

O jogo não teve muitas emoções no primeiro tempo entre um City já garantido na próxima fase e os donos da casa que precisavam apenas do empate para seguir na Liga dos Campeões.

A melhor oportunidade na etapa inicial foi do time da Inglaterra, através de um chute de Raheem Sterling que o nigeriano Zaidu Sanusi tirou em cima da linha quando o goleiro argentino Agustín Marchesín já estava batido.

Depois do intervalo, a equipe treinada por Pep Guardiola continuou dominando as ações ofensivas diante de um rival que se fechou na defesa e viu o goleiro Marchesín fazer duas grandes defesas em finalizações de Sterling (59) e Ferran Torres (70).

A equipe visitante ainda teve um gol anulado pelo VAR por impedimento do brasileiro Gabriel Jesus, no minuto 80.

Com esse resultado, o Manchester segue invicto na liderança da chave com 13 pontos e enfrenta na sexta e última rodada da primeira fase o francês Olympique de Marselha, enquanto o Porto vai à Grécia pegar o Olympiakos.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.