"O tratamento que estou recebendo contra o coronavírus está na última fase", disse Ibrahim Kalin, o porta-voz do chefe de Estado turco, que afirmou que tinha "sintomas leves". "Estou muito bem", escreveu ele no Twitter.

Pouco antes, o ministro do Interior Süleyman Soylu também revelou que tinha testado positivo para covid-19, assim como sua esposa e sua filha.

"Seguindo as recomendações de nossos médicos, continuamos nosso tratamento no hospital", disse ele em um comunicado.

Essas duas autoridades turcas estão frequentemente em contato com Erdogan. As pessoas ao seu redor são testadas regularmente.

O presidente turco, que costuma fazer vários discursos toda semana, não parece ter reduzido suas aparições nos últimos dias.

No sábado, ele participou de um congresso de seu partido AKP em Van, no leste da Turquia, e tinha planos de viajar à tarde para o outro lado do país, para a região de Esmirna, que foi vítima de um terremoto no dia anterior.

A Turquia foi seriamente afetada pela pandemia de coronavírus, registrando mais de 10 mil mortes e 370 mil casos, um saldo muito parcial, já que Ancara só contabiliza as pessoas que tiveram teste positivo e apresentam sintomas.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.