O setor de serviços, com a reabertura de áreas externas de bares e restaurantes e de lojas não essenciais, estimularam o avanço do Produto Interno Bruto (PIB), indicador que retrocedeu na construção e na indústria, segundo o ONS.

O PIB de abril continua 3,7% abaixo do nível de fevereiro de 2020, antes da pandemia e dos confinamentos que afetaram a economia britânica.

"Estes números são um sinal promissor de que nossa economia começa a recuperar-se", declarou o ministro britânico das Finanças, Rishi Sunak.

Além da reabertura de parte da economia, a campanha de vacinação e a melhora do índice de confiança dos consumidores contribuíram para a alta do PIB em abril.

O governo britânico deve anunciar nos próximos dias se confirma o fim de todas as restrições para 21 de junho, apesar do recente aumento de casos de covid-19.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.