O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em maio recuou 1,55% em Londres, a 62,70 dólares.

Em Nova York, o WTI para abril perdeu 1,49% a 59,75 dólares, situando-se abaixo dos 60 dólares pela primeira vez em dez dias.

A dois dias da cúpula da Opep+, "voltaram a aparecer fissuras na frente unida", demonstradas pelos dois pesos-pesados deste mecanismo, Arábia Saudita e Rússia, explicou Matt Weller, analista da Gain Capital.

"A Arábia Saudita gostaria de manter os cortes de produção atuais pelo menos até abril, enquanto a Rússia e seus aliados pressionam para liberar 1,5 milhão de barris diários", conforme os preços atuais, e para "responder a uma demanda maior", impulsionada pelas campanhas de vacinação que avançam no mundo, acrescentou.

bp-dho/jul/mr/dga/mvv

GAIN CAPITAL HOLDINGS

IHS Global Insight

MARKIT

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.