Na semana que terminou na sexta-feira 9, os pedidos foram 293.000, o que significa cerca de 36.000 a menos que na semana anterior.

O novo número se aproxima dos 256.000 administrados na semana de 14 de março de 2020 na qual a pandemia começou a gerar demissões em massa.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.