"Aceitando o convite da República do Iraque e da igreja católica local, o papa Francisco fará uma viagem apostólica a este país de 5 a 8 de março de 2021, durante a qual visitará Bagdá", assim como a região de Ur, cidade em que segundo a tradição nasceu Abraão, e Mossul e Qaraqosh, no norte, que tem uma importante comunidade cristã, informou o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni.

Esta é uma visita histórica, que "representa um gesto concreto de proximidade a toda a população deste país martirizado", afirma o portal de notícias do Vaticano, Vatican News.

As autoridades iraquianas classificaram a futura visita de Francisco de "mensagem de paz para o país e a região" .

O pontífice, que desejava sua primeira viagem ao exterior para um local especialmente afetado pelo coronavírus, escolheu o Iraque "por seu forte simbolismo religioso e como um apoio explícito ao retorno das comunidades cristãs, que fugiram ante a perseguição do (grupo jihadista) Estado Islâmico", explicou a página Religião Digital.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.