"Depois de mais de cinco horas de batidas policiais na casa de minha irmã Cristiana Chamorro, candidata presidencial, às 17h15 [20h15 no horário de Brasília] a tropa de choque a deixaram em 'prisão domiciliar', em isolamento. Sua casa ainda está ocupada pela polícia", escreveu Carlos Fernando Chamorro no Twitter.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.