"Estamos efetuando, neste momento, uma operação com agentes do departamento de crimes econômicos", declarou o porta-voz, sem dar mais detalhes da operação que, segundo a imprensa local, estaria ligada ao escândalo "Barçagate", no qual uma empresa contratada pela antiga diretoria promoveu campanha de desprestígio contra os jogadores.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.