"A lentidão da vacinação prolonga a pandemia", lamenta a secção europeia da OMS em um comunicado, no qual ressalta que o número de novos casos na Europa avançou com força nas últimas cinco semanas.

"As vacinas são a melhor maneira de superar a pandemia. Não apenas funcionam, como também são muito eficazes para que as infecções sejam limitadas. No entanto, a aplicação dessas vacinas é inaceitavelmente lenta", criticou o diretor da OMS na Europa, Hans Kluge, citado na declaração.

"Vou ser claro: temos que acelerar o processo, reforçando a produção, reduzindo os obstáculos à administração das vacinas e usando todas as doses que temos no estoque", disse.

"Hoje, a situação regional é a mais preocupante em vários meses", alertou.

Na zona Europa da OMS - que inclui cerca de 50 países, entre eles a Rússia e vários Estados da Ásia Central -, o número de óbitos por covid-19 passou de 24.000 na semana passada e se aproxima "rapidamente" do milhão, segundo a organização.

O número de novos casos semanais chegou a 1,6 milhão, apesar de ter-se situado abaixo de um milhão há cinco semanas, destaca a OMS.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.