Na terça-feira, o país de 11,5 milhões de habitantes registrou 689 novas internações, quebrando o recorde histórico de 629, estabelecido em 28 de março.

Consequentemente, são 5.554 pacientes covid-19 em hospitais belgas, número muito próximo do máximo registrado em 6 de abril - 5.759 pessoas -, segundo dados do instituto belga de saúde pública Sciensano.

Na Bélgica - onde um novo endurecimento das restrições deve ser anunciado na sexta-feira - a taxa de incidência do vírus na população é a mais alta do mundo, exceto para o pequeno principado de Andorra.

De acordo com dados da AFP, nos últimos sete dias houve cerca de 891 novos casos por 100.000 habitantes na Bélgica, em comparação com 826 na República Tcheca, o segundo país mais afetado (excluindo microestados).

Países vizinhos como França (397) e Holanda (394) ocupam, respectivamente, a nona e a décima colocação nesse ranking.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.