Em 2020, o país registrou 840.832 nascimentos, segundo dados divulgados na quinta-feira pelo ministério da Saúde e Trabalho.

Vários políticos expressaram sua preocupação com a redução cada vez mais rápida da população da terceira economia do mundo, devido ao fato de os casais hesitarem em terem filhos em um contexto de instabilidade financeira e temores agravados pela pandemia.

A população do Japão diminuiu no ano passado em 531.816 pessoas, um recorde, enquanto o índice de natalidade -- média de filhos que cada mulher tem -- caiu para 1,34, segundo esses dados.

A população do Japão, de aproximadamente 127,3 milhões de pessoas em 2018, se reduziu para cerca de 126,6 milhões em 2020.

A quantidade de casamentos -- 525.490 no ano passado -- também caiu para um nível não visto desde o final da Segunda Guerra Mundial.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.