A medida é uma exigência do governo da Noruega de quem chega do exterior, em função da pandemia da covid-19.

"Queria voltar à Noruega para buscar documentos e depois voltar para a Suécia, onde tem um projeto em andamento. Mas, para evitar a quarentena, decidiu cruzar a fronteira pelas montanhas. No total, tinha que percorrer uns 40 km", disse à AFP Trond Helge Rønning, da organização de resgate Norske Folkehjelp.

Surpreendido pelo mau tempo, o esquiador, na faixa dos 50 anos, viu-se em dificuldades na tarde de sábado, depois de 25 km percorridos.

Primeiro, teve ajuda de um criador de renas e, depois, de pescadores, até a chegada dos socorristas.

"Estava molhado e tinha frio", contou, descrevendo uma área difícil, "com montanhas bastante altas".

Os paramédicos entregaram-no à polícia por violar as normas sanitárias da covid-19.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.