"Me sinto satisfeita de que os americanos tenham indicado claramente que mudaram sua política em 2014 sobre a vigilância dos aliados, e que querem cooperar conosco e com outros", explicou a primeira-ministra norueguesa, Erna Solberg, citada pela agência NTB.

"Convocamos hoje (quinta-feira) o embaixador dos Estados Unidos para fazer o acompanhamento", explicou.

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.