No Centro Aquático da capital japonesa, Dressel completou a prova com o tempo de 47.02, batendo o recorde olímpico que pertencia a Eamon Sullivan (47.05), da Austrália, estabelecido em Pequim 2008.

A medalha de prata foi para o australiano Kyle Chalmers (47.08), e o bronze ficou com o russo Kliment Kolesnikov (47.44), que compete sob a bandeira do Comitê Olímpico Russo (ROC, pela sigla em inglês), por conata da punição aplicada à Rússia pelo escândalo de doping.

lca

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.