Do total de contágios, mais de 1,5 milhão resultaram na morte dos pacientes.

Nesta sexta-feira às 7H50 GMT (4H50 de Brasília) o balanço mundial alcançou 65.084.394 casos. A alta no número de contágios se deve em parte ao aumento dos testes de diagnóstico, mas fundamentalmente à segunda onda que afeta a Europa e os Estados Unidos.

A Europa, com 19 milhões de casos registrados (e mais de 430.000 mortes por covid-19) é a região com o maior número de contágios. Na última semana foram contabilizados 1,7 milhão de novos contágios no continente, que inclui 52 países.

Estados Unidos superam 14 milhões de casos e mais de 276.000 mortes.

Na quinta-feira, a maior potência do planeta registrou mais de 210.000 novos casos, um recorde desde o início da pandemia, de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

América Latina e Caribe registram 13,3 milhões de casos e 453.974 vítimas fatais; Ásia, 12,6 milhões de contágios e 197.559 mortes; Oriente Médio, 3,4 milhões de casos (80.163 mortes); África, 2,2 milhões de contágios (52.825 mortes); e Oceania, 30.388 casos (942 vítimas fatais).

Os conteúdos mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Brasil e fique por dentro.

Siga-nos na sua rede favorita.